Nota Fiscal SP


Nota Fiscal Paulistana Acesso – Cadastro

Cadastro Nota Fiscal Paulistana

O governo vem investindo cada vez mais no bem estar dos cidadãos brasileiros, dessa forma, o mesmo vem criando diversos tipos de serviços que visam facilitar o nosso cotidiano. Um desses serviços é justamente a Nota Fiscal Eletrônica que pode ajudar bastante e poupar o nosso tempo, além disso, ainda ajuda na economia do país e ainda beneficia o meio ambiente. Confira como você pode ter o acesso ao Nota Fiscal Paulistana e se ainda não tem o cadastro, faça agora mesmo.

nota fiscal paulistana Nota Fiscal Paulistana Acesso   Cadastro

Para quem não sabe a Nota Fiscal Eletrônica é um serviço já existente em diversas cidades do país e que ainda vem se instalando em alguns estados brasileiros. O mesmo tem diversos objetivos como, por exemplo, facilitar o nosso cotidiano. Através da Nota Fiscal Eletrônica o cidadão irá apenas informar o seu CPF quando efetuar o pagamento de uma compra, após isso, o crédito gerado pela compra será debitado em seu cadastro oficial, além disso, para quem desejar imprimir a nota fiscal basta acessar o seu cadastro no serviço.

Além de todas as vantagens citadas acima, o serviço ainda ajuda na economia brasileira. Isso por que através da nota fiscal eletrônica é evitado a sonegação de impostos, pois muitos estabelecimentos não imprimem a nota fiscal, dessa forma o governo não recebe imposto. Além disso, as notas fiscais impressas acabam que por poluindo o meio ambiente.

Uma boa notícia para quem reside no estado de São Paulo é justamente que o serviço já foi implantado neste estado. A Nota Fiscal Paulistana funciona de uma maneira bastante simples, apenas apresente o seu CPF e a Nota Fiscal Eletrônica estará gerada. Para quem ainda não usa o serviço, basta informar o seu CPF em uma compra depois de você ter feito o cadastro no Nota Fiscal Pauslitana.

O acesso ao Nota Fiscal Paulistana é bastante simples basta acessar o site oficial da NFE Paulistana. Através desta página, você poderá efetuar consultas e se cadastrar no serviço.

Postado em Nota Fiscal Paulista, Nota Fiscal SPComentários (21)

Nota Fiscal Paulista Pessoa Jurídica

Cadastro Nota Fiscal Paulista Pessoa Jurídica

nota fiscal paulista pessoa juridica Nota Fiscal Paulista Pessoa Jurídica
A Nota Fiscal Paulista é um projeto criado pelo governo de São Paulo onde são creditados aos consumidores parte do ICMS recolhido em suas compras. O objetivo dessa iniciativa é incentivar as pessoas a solicitarem a nota fiscal de tudo àquilo que consomem independente do valor da aquisição e do estabelecimento no qual isso acontece, diminuindo assim a sonegação fiscal.

Para isso, é necessário ir ao site da Secretaria da Fazenda e clicar em nota fiscal paulista, ou então, ir diretamente à página do programa www.nfp.fazenda.sp.gov.br. Lá é preciso o cadastro do CPF, no caso de pessoas físicas, e do CNPJ, no caso de pessoas jurídicas já participantes do Simples Nacional (regime tributário diferenciado aplicável as microempresas e empresas de pequeno porte) ou que não sejam contribuintes do ICMS.

Esses créditos são devolvidos ao consumidor que tem um prazo de 5 anos para usá-los, seja em forma de abatimento do valor do IPVA do ano seguinte, depósitos em conta corrente ou poupança ou até mesmo em transferência para outro CPF e doações em entidades sociais.

No caso das pessoas jurídicas que estejam enquadradas nos requisitos já citados, e que exijam a nota fiscal nas compras de suas mercadorias e consumos de uma forma geral, o governo devolve 30% do ICMS efetivamente recolhido e nome da organização em questão, o que, para um empresa é um valor extremamente significativo. Para as compras efetuadas entre janeiro e junho, a disponibilização dos créditos acontecerá no mês de outubro do mesmo ano, já para as de julho a dezembro, isso acontecerá no mês de abril do ano seguinte.

Portanto, o programa Nota Fiscal Paulista é uma boa oportunidade de recuperar parte dos impostos para usufruir em benefício próprio. Mas vale lembrar que, consumidores que se encontrem inadimplentes com o estado, só poderão usufruir dos créditos adquiridos quando estiverem com a situação legalizada.

Postado em Nota Fiscal Paulista, Nota Fiscal SPComentários (8)

Nota Fiscal Eletrônica SP – Emissão, Consulta, Prefeitura

Como fazer a emissão da Nota Fiscal Eletrônica São Paulo na Prefeitura

Saiba o que é a NFE SP, veja como emitir uma Nota Fiscal Eletronica SP e veja como fazer a consulta.

nota fiscal eletronica sp Nota Fiscal Eletrônica SP   Emissão, Consulta, Prefeitura

A Nota Fiscal Eletrônica em São Paulo, que funciona a partir da Secretaria da Fazenda do Governo do Estado, significa mais uma inovação exitosa que o governo vem tentando implementar para o beneficio da população mas também para o beneficio geral do sistema de controle e regulação comercial que acontece nas grandes cidades do Estado paulista.

A finalidade da nota fiscal eletrônica é a alteração da sistemática atual de emissão da nota fiscal em papel Model 1 ou 1A, por nota fiscal eletrônica com validade jurídica para todos os fins.

Para a emissão da nota fiscal eletrônica SP existe o software emissor NF-e. Este software permite a emissão de nota fiscal eletrônica, modelo nacional, em substituição a nota fiscal em papel modelo 1 ou 1A usada geralmente para operações com mercadorias entre empresas.

Os requisitos para o uso do software são:

  • Possuir certificado digital no padrão ICP-Brasil – tipos A1 ou A3.
  • Acesso a Internet.
  • Possuir a versão adequada de Java instalado.
  • Solicitar seu credenciamento prévio junto a SEFAZ/SP. A solicitação é feita mesmo no site da Secretaria da Fazenda na seção “Credenciamento”. Para cumprir com o processo o usuário devera seguir as instruções ali indicadas.

Requisitos para instalação do software de Nota Fiscal Eletrônica SP:

Deve contar no mínimo com processador Pentium III ou AMD k6 450 MHtz ou superior.
Memoria RAM de 256MB ou superior. São recomendados 512MB.
Espaço em disco de 98MB para o Java – JRE 6 e 30MB para o Programa Emissor NF-e.

Passos para a emissão de uma NF-e:

  1. Faça click no símbolo da Nota Fiscal Eletrônica.
  2. Abrirá uma mensagem de atualização automática do sistema. Caso o usuário esteja conectado a Internet poderá fazer click em “OK”. Se não estiver conectado, deve fazer click em “Cancel”.
  3. Fazer click em “run” na mensagem que será aberta.
  4. Cadastrar os dados do emitente ou escolher um emitente já cadastrado no programa.
  5. Digitar uma nova NF-e ou importar os dados de uma nota fiscal no formato txt ou xml.
  6. Validar as informações da nota fiscal.
  7. Assinar digitalmente a nota fiscal com o certificado digital tipo A1 ou A3 no padrão ICP Brasil.
  8. Transmitir a nota fiscal eletrônica a Secretaria de Fazenda.
  9. Verificar se a nota fiscal foi autorizada.

Postado em Consulta, Emissão, Nota Fiscal Prefeitura, Nota Fiscal SPComentários (11)